Skip to content
Você está na: Vídeos arrow Contos Eróticos arrow Baiano do Pau Grande
Baiano do Pau Grande
Quero antes de tudo saudar a todos os leitores deste site maravilhoso e a os criadores do mesmo, por que e aqui que nos homens e mulheres têm a oportunidade de relatar de uma maneira simples e aberta, e principalmente sem nenhum medo ou vergonha de ser o que a sua natureza te reservou. O ultimo relato que eu enviei a este site foi em 2003, fato que realmente aconteceu comigo naquela época, hoje depois de cinco anos estou de volta para relatar mais um fato verídico em minha vida. O que eu passo a relatar agora aconteceu comigo durante uma pequena reforma que meu vizinho estava fazendo em seu apto. Antes e bom relatar que eu não sou afeminado e nem fico dando pinta, faço o tipo comum, não tenho um corpo sarado e estou um pouco acima do meu peso ideal, mas também não sou gordo e muito menos barrigudo. O que mais me agrada (e a os homens) e chama a atenção em mim e a minha bunda gorda e volumosa, quando estou em casa gosto de usar roupas intimas,ou melhor, calcinhas tipo fio dental asa delta e xortinhos bem curtinhos, pois elas deixam minha bunda muito gostosa e em evidencia. Minha bunda chama muito a atenção dos homens por onde eu passo, sendo assim uso sempre roupas mais largas para esconder o meu grande rabo. Bom continuando a historia, eu moro em um sobradinho que tem duas salas comerciais em baixo e três aptos em cima e estes tem uma área de serviço em comum que e usado pelos três moradores e por coincidência todos os três são ocupados por homens separados sendo eu um deles. Acontece que o apto em frente ao meu mora um baiano (de novo) de salvador,ele esta sempre de mermudao e sem camisa, não sei se e pra provocar ou e costume dele, o fato e que sempre que esta falando comigo ele coloca a mão no pau e fica mexendo ou coçando sei lá eu fico só olhando com o canto do olho que e pra ele não perceber. Como eu já disse em casa eu gosto de ficar de calcinha e neste dia em questão eu estava com um fio dental bem enfiadinha no meu rabo pra disfarçar eu usava um calção de futebol branco e uma camiseta não muito comprida, mas eu sabia se alguém olhasse sem muita atenção iria ver que eu estava de calcinha, e eu acho que foi isso que aconteceu com o meu vizinho, tanto e que toda vez que eu estava na área de serviço ele parava de fazer a sua reforma e vinha ficar atrás de mim como sempre com a mão no pau, esperando eu acabar de usar o tanque. Eu dizia já estou acabando não vou demorar, e ele respondia, não tenha pressa eu só to apreciando a vista. Eu com o coração aos pulos disse, _que vista a paisagem no fundo e muito feia _cara esse fundo e muito bonito! _ se deve ta louco achar essa vista bonita _não só acho bonita como também acho muito gostosa essa sua bunda! _ei deixa de ser doido ta me estranhando _não, eu to e com muito tezao nessa sua bunda que ta muito gostosa com essa calcinha enfiada. _ se ta louco quem falou que eu to de calcinha _ninguém eu que to vendo _não to não e o meu calção com fundo de cueca _então deixa eu ver, abaixa o calção pra mim ver. _eu não tenho que te mostrar nada, você e doido isso sim. E continuei a fazer o que eu estava fazendo,quando de repente ele abaixou meu calção de uma vez ate os meus calcanhar me deixando só de calcinha cor de rosa e camiseta na beirada do tanque, eu fiquei muito assustado com o que ele fez e disse _ você e doido como e que você faz isso nunca te dei liberdade e tentei me virar pra levantar meu short, mas ele me segurou pela cintura com força e disse. _esse seu rabo me deixou arretado de tezao e eu to louco sim, mas e de vontade de fuder esse cu. Em seguida ele abriu minha bunda afastou a calcinha e meteu a língua no meu cu me provocando um arrepio e arrancando um gemido de minha boca, eu pedia pra ele parar pra não fazer isso que eu não queria, mas cada linguada que ele dava no meu cu me fazia gemer e arrepiar eu sempre dizendo não, mas sem muita convicção nas palavras, pois meu cuzinho piscava dizendo sim querendo mais, de repente ele se levantou abaixou sua bermuda me mostrando seu pau e disse. _ e sua vez de me chupar sua putinha E me fez ficar ajoelhado em frente seu pau, eu relutei não queria chupar ele ali na área de serviço, pois o terceiro morador podia chegar a qualquer momento, mas ele não tava nem ai me agarrou pelo cabelo e começou a bater na minha cara com o seu pau, que devia ter mais ou menos uns 24 cm grosso e cheio de veias, ele batia na minha cara na minha boca no meu nariz e falava enquanto batia chupa putinha se não vou deixar sua cara inchada de tanto bater com meu pau. Ele estava com tanto tezao que seu pau estava muito duro isso acabou me deixando com muito tezao, então abri minha boca e comecei a chupar aquela maravilha de caralho, eu lambia a cabeça engolia ate a metade pois era muito grande o pau dele,voltava pra cabeça decia ate o saco gordo e peludo tentava enfiar tudo na boca mas era muito grande, então eu voltava pra cabeça do pau e chupava igual a um picolé só que o pau e muito mais gostoso, ele sempre me incetivando a engolir tudo mas eu não conseguia ate que ele perdeu a paciência e me segurou pelos cabelos com uma das mãos e com a outra pegou seu pau e enfiou tudo na minha boca, eu só gemia e engasgava no pau dele, saia água dos meus olhos mas só parou quando seu saco encostou no meu queixo, nessa hora eu olhei pra cima e vi sua cara de cínico com um sorriso na boca, ai ele tirou seu pau da minha boca me deixando respirar um pouco seu pau estava todo babado da minha saliva, ele disse eu não disse que você conseguia engulir tudo e voltou a enfiar seu caralho na minha boca de novo, só que dessa vez ele segurou minha cabeça com as duas mãos e começou a me fuder a boca como se fosse meu cu. A toda hora eu pensava que podia chegar alguém e nos ver ali, isso me dava medo e tezao ao mesmo tempo,pois eu estava fazendo um senhor boquete no meu vizinho pauzudo. Eu estava divagando em meus pensamentos quando sem avisar ele tirou seu da minha boca me levantou pelos braços, me colocou de costa apoiado no tanque e se abaixou por traz de mim afastou minha calcinha e meteu sua língua no meu cu me fazendo gemer de novo, deixou meu rabo cheio de cuspe se levantou colocou seu pau nervudo na entrada do meu cu e disse _se prepara putinha vou enfiar tudo ate meu saco bater no seu e não quero ver você reclamando que ta doendo viu Me lembro que mau deu tempo de falar pra ele por devagar se não eu gritaria, mas ele nem me ouviu e enfiou em uma estocada so ate a metade, fiquei com as pernas bambas de tanta dor quase cai mas ele me segurou e disse _se segura sua puta eu sei que você agüenta e e isso que você quer Quando eu ia falar de novo ele deu outra estocada enfiando resto do seu caralho no meu cu que a estas altura estava entupido e esticado ao extremo, não tinha uma prega inteira tinha estourado todas, eu respirava descompassado como se me faltasse o ar que respirava, ai ele deu um tempo pra eu me acostumar com o seu monstro dentro de mim, mas enquanto estava quieto com seu pau no meu cu ele mordia minha nuca lambia minha orelha falava safadezas no meu ouvido, e eu so sentindo seu pau pulsar dentro de mim, parecia que aquele caralho tinha vida propia, parecia que ele crescia cada vez mais alargando ainda mais meu cu, e a todo instante eu pensava que o outro vizinho ia chegar e nos ver ali engatado como dois cachorros. Mais uma vez ele me vez voltar a realidade quando começou a bombear no meu cu fazendo seu pau entrar e sair bem devagar, tirava tudo deixando só a cabeça e voltava a enfiar ate o saco, ele fez isso por uma quatro vezes ate que começou a acelerar o seus movimentos de entrar e sair, ele me fudia com tanta força que meu corpo se balançava todo, minha bunda batia em sua virilha fazendo um barulho muito gostoso meu cu estava queimando pegando fogo com o entra e sai,meu saco apanhava do saco dele que bem maior que o meu,teve uma hora que ele me mandou abrir o rabo com as duas mãos enquanto ele segurou seu pau pela base e ficou tirando e colocando, meu cu tava tão largo que seu pau entrava e saia sem nenhuma dificuldade. Ai ele se sentou no chão e me mando sentar de costa pra ele, disse que queria ver meu cu chupar seu pau, me mandou subir e descer bem devagar, eu fiquei só no sobe e desse por mais de 15 minutos, então eu comecei a cal vagar seu pau bem rápido pois eu queria aproveitar o Maximo daquela foda. De repente de novo ele me acordou dos meus pensamentos me trazendo a realidade com fortes tapa na minha bunda, me bateu tanto que não agüentei e gozei feito uma puta, gozei tanto com o pau dele socado no cu que minha calcinha ficou ensopada, então ele falou. _gozou ne sua putinha, agora e minha vez de gozar Mandou eu sair de cima do seu pau me colocou de quatro e enfiou seu pau ate saco e fudeu com muita força dava tapas e mais tapas na minha bundona que chegou a ficar toda vermelha e cheia de vergão dos seus dedos, derepente ele atolou todo o seu pau no meu cu e ficou quieto seu pau pulsava como se tivesse vida, então seu gozo chegou forte ele gania igual a cachorro, senti sua porra sendo despeja dentro do meu cu como lava quente de vulcão que acabou de entrar em erupção, nesse momento ele desabou em cima de mim estava completamente suado e seu suor caia em cima de mim me dando um banho quente, não agüentei seu peso pois eu também estava um trapo, nunca tinha sido fudido daquele jeito, quando ele tirou seu pau do meu cu só senti um vazio tão grande que meu cu demorou pra se fechar novamente,parecia que ele queria mais. Então nos levantamos do chão e ficamos olhando um para o outro eu meio sem graça pois não sabia qual seria sua reação depois da foda, então ele disse sorrindo _e ai putinha você gostou do meu pauzao Eu virei a bunda pra ele e disse _se meu cu piscar uma vez e por que gostou se piscar duas vezes e por que gostou de mais se piscar mais de três vezes e por que quer repetir mais vezes essa foda, abri minha bunda e mostrei meu cu que estava todo mole e esporado e piscando sem parar, ele sorriu e disse _mas que cu guloso hem! Nessa hora escutamos o carro do terceiro vizinho chegando e corremos cada um pro seu apto, fui direto pro chuveiro tomar banho.
 
< Anterior   Próximo >

Assista Também !

Sexo entre Machos Tatuados
Sexo entre Machos Tatuados

Fudendo gostoso no cinema
Fudendo gostoso no cinema

Duas lindas bonecas metendo o ferro uma na outra
Duas lindas bonecas metendo o ferro uma na outra

Colocou no cuzinho bem devagarinho
Colocou no cuzinho bem devagarinho

Colocando o pequeno brinquedo no cu
Colocando o pequeno brinquedo no cu

Galeria de Fotos

Seu Pênis Grande

Seu Penis 12cm Maior
s